Como Acessar

Como Alcançar O Sucesso Com Simplicidade PDF Imprimir E-mail
Escrito por Sec:. Est:. de Gabinete   
03-Fev-2015
COMO ALCANÇAR O SUCESSO COM SIMPLICIDADE
 
As enxurradas de informações que recebemos a toda hora e todos os dias fazem com que nosso tempo fique cada vez mais exíguo. Daí a necessidade de sermos mais objetivos nas nossas manifestações, especialmente em Lojas Maçônicas. Contudo, isso nem sempre foi assim.
Houve uma época em que a retórica, o falar bonito era o melhor cartão de visitas e o que rendia bons dividendos, mesmo que o conteúdo da fala fosse desprovido de sentido.
Com relação a esse assunto, vejamos o que escreveu, na década de 1960, Philip Broughton, estudioso do tema e que nos brindou com uma grande pérola e, ainda nos dias atuais, podem surtir alguns efeitos se aplicados com eloquência.
Em 06 de maio de 1963, a revista norte-americana Newsweek publicou um artigo bastante interessante desse estudioso, no qual ele observou durante anos seguidos que só fazia carreira em Washington quem “falasse embolado”, porém de modo eloquente. Ou seja, o funcionário de qualquer categoria que optasse pela objetividade ou pela simplicidade era, sumariamente, relegado a uma posição inferior, não recebendo consideração alguma dos seus respectivos chefes. A partir dessa observação, Broughton teve a brilhante ideia de criar uma relação de palavras-chaves a serem usadas em reuniões profissionais, de maneira a transformar pessoas frustradas em vitoriosas.
O método é composto por apenas 30 palavras-chaves, enumeradas de 0 a 9 e agrupadas em 3 colunas:
 
Coluna 01 Coluna 02 Coluna 03
0 – Programação 0 – Funcional 0 – Sistemática
1 – Estratégia 1 – Operacional 1 – Integrada
2 – Mobilidade 2 – Dimensional 2 – Equilibrada
3 – Planificação 3 – Transacional 3 – Totalizada
4 – Dinâmica 4 – Estrutural 4 – Presumida
5 – Flexibilidade 5 – Global 5 – Balanceada
6 – Implementação 6 – Direcional 6 – Coordenada
7 – Instrumentação 7 – Opcional 7 – Combinada
8 – Retroação 8 – Central 8 – Estabilizada
9 – Projeção 9 – Logística 9 – Paralela
Desta forma, empregam-se essas palavras-chaves da seguinte maneira: escolhe-se, ao acaso, uma palavra de cada coluna, por exemplo, os números 3-1-6 que produzem a sentença: “planificação operacional coordenada”; os números 1-3-9: “estratégia transacional paralela”; e, os números 7-4-0, que correspondem a “instrumentação estrutural sistemática”.
Qualquer uma das frases formadas pode ser citada em conversas, com indiscutível autoridade. Entretanto, a verdade é que a maioria dos ouvintes não fará a mais remota ideia do que foi dito, porém, jamais admitirá tal fato. Todavia, o mais curioso em tudo isso é que essas frases soam maravilhosamente bem, mesmo sendo desprovidas de qualquer sentido.
Meus prezados Irmãos, precisamos refletir sobre os verdadeiros objetivos da Ordem. Não devemos só falar bonito, mas, principalmente, alinhar nosso discurso à simplicidade e ao fundamento ou conhecimento maçônico. Pois, diante do exposto, acredita-se ser patente a necessidade de sermos mais claros na transmissão dos princípios e dos conhecimentos maçônicos e não simplesmente falar por falar. Em maçonaria, o mais importante é tornar compreensível o conteúdo do que se fala, pois é indispensável pavimentarmos as bases dos ensinamentos da Ordem de forma simples e objetiva.
Sejamos agentes multiplicadores do conhecimento maçônico.
 
AILDO CAROLINO
SECRETÁRIO ESTADUAL DE GABINETE DO GOB-RJ

Atualizado em ( 03-Fev-2015 )
 
< Anterior   Próximo >
© 2008 Portal GOB-RJ
Grande Oriente do Brasil - Rio de Janeiro
Avenida Marechal Floriano, 199 -13º andar - Centro - Rio de Janeiro - RJ - 20.080-005, Tel:. (21) 2262-4311
Este portal foi desenvolvido por LOC - Hospedagem em Internet.