Filantropia em São Pedro da Aldeia
Escrito por Sec:. Est:. de Com:. e Informática   
26-Out-2015

 
 

Secretaria Estadual de Entidades Paramaçonicas do GOB-RJ, através do Poderoso Irmão VANDIR ENCARNAÇÃO DOS SANTOS, juntamente com a Secretaria de Relações Institucionais do GCE-RJ, informam a Filantropia em São Pedro da Aldeia – RJ, realizada pela ARLS UNIÃO DE CABO FRIO nº 2.630, junto com o Capítulo Francis McCormick - Cabo Frio nº 109
 
O brilhantismo de jovens chamados Demolays, sinônimo de responsabilidade e comprometimento com os seus ideais, faz com que, no dia 26 de setembro de 2015, na cidade de Cabo Frio um grupo de treze jovens, compromissados com os propósitos idealizados há muitos anos atrás, por um certo Jaques Demolay, saírem de suas casas, rumo a um supermercado, com recursos adquiridos através de doações e comprarem sem a interferência externa de terceiros, 12 kg de Achocolatado, 10 litros de Sucos, 06 kg de Leite em pó, 12 kg de Biscoitos diversos, 06 kg de Farinha Láctea, 03 kg de Neston e um kg de Mucilon. Isso por si só, já seria uma façanha vindo de jovens nesta idade, mas estes não são jovens comuns, são diferenciados, são sensíveis, suscetíveis ao aprendizado e ao aperfeiçoamento de seus valores, são voltados para o bem comum, estes são os DEMOLAYS.

 

 
Temos a honra e o privilégio de conviver com estes jovens, provavelmente futuros maçons e melhores que nós. Assevero-lhes que se conseguirmos difundir os ideais destes jovens, em toda região dos lagos, muito se ouvirá falar deste nome Demolay. Eles são o capítulo Francis McCormick Cabo Frio nº 109, orgulho da A.R.L.S. União de Cabo Frio nº 2630.
 
 
Como se não bastasse, reúnem os alimentos, acompanhados de seis maçons e uma tia e dirigem-se para mais um trabalho de filantropia, desta vez, no abrigo “Aldeia da Infância Feliz“, no município de São Pedro da Aldeia. Advertidos da realidade que lá encontrariam, em face da precariedade, do descaso e do desrespeito das autoridades competentes, para com a instituição e apesar da impactante realidade, transformaram esta visita num grande parque de diversões.
 
 
Após a entrega dos alimentos e de fazerem o reconhecimento do local e de suas necessidades, os jovens buscam conhecer as crianças que lá estão e suas histórias e porque não dizer assustadoras, se comparadas a realidade destes jovens. Mas para minha surpresa e a de todos que lá estavam, eles transformaram aquele ambiente desfavorável, numa grande brincadeira com as crianças do orfanato, jogando bola, pulando na Cama elástica, perfeitamente integrados e voltando a serem crianças, na faixa etária dos pequeninos que lá estavam, fato este facilmente comprovado através das fotos que acompanham esta matéria.
 
 
Foi uma tarde realmente fascinante e inaudita proporcionada pelos jovens Demolays, em face do desprendimento e da descontração jovial, com que conduziram este evento. Tenho a convicção de que não só os Demolays, mas todos nós saímos de lá reabastecidos de bons fluidos, de energias positivas e edificantes e principalmente, saímos de lá seres humanos melhores.
 
 
Que a divulgação deste evento, possa despertar nas lojas maçônicas coirmãs, o interesse pela implantação, em cada cidade um Capítulo Demolay, já existente em Saquarema e em Cabo Frio, capítulo este que merece o respeito, o apoio, o reconhecimento e a consideração de todos os maçons em prol e benefício dos jovens de nossa região e que este interesse, possa ter na estrutura já montada, da A.R.L.S. União de Cabo Frio nº 2630 o seu fortalecimento e a sua consolidação.

Crédito matéria e fotos: Ir:. Sérgio Conde

 

Atualizado em ( 27-Out-2015 )