PEQUENAS ATITUDES QUE PODEM MUDAR NOSSA VIDA

PEQUENAS ATITUDES QUE PODEM MUDAR NOSSA VIDA

Há bem pouco tempo fui apresentado ao “método Kaizen” o qual nos ensina a dar pequeno e contínuos passos, a fim de atingir nossos objetivos sem maiores transtornos ou esforços mentais. Este é um método extremamente simples e eficaz.

Como acreditamos que, sempre que possível, nós maçons devemos compartilhar o que aprendemos com os nossos Irmãos, por isso, resolvemos fazer essa publicação, na esperança de que o mesmo possa servir de inspiração àqueles que tenham tido a oportunidade de ler esse breve texto.

O método Kaizen nos ensina que, com apenas pequenos passos, podermos, com isso, atingir grandes objetivos. Como diz o ditado: “devagar se vai ao longe”, ou seja, através desse método será possível alcançarmos nosso principal objetivo de vida, bastando apenas termos pequenos e constantes passos rumo a nossa meta pessoal.

Esse método é oriundo de uma filosofia antiga, assentada no Livro Do Caminho e da Virtude. Apesar de antiga, sua prática é absoluta-mente eficaz nos dias de hoje, quando utilizada corretamente.

Relembrando as palavras de Madre Tereza de Calcutá: “pequenas coisas com muito amor: não é o quanto fazemos, mas quanto amor colocamos naquilo que fazemos. E não importa o quanto damos, mas quanto amor colocamos em dar. Porque para Deus não há nada peque-no”. Ou seja, através do Método Kaizen, podemos compreender a importância de nossos pequenos, porém, bons atos.

Dessa forma, ratificando essa ideia, destacamos que, “uma maratona ou uma jornada de milhares de quilômetros começa com um único e pequeno passo” (Lao-Tsé, Do Caminho e da Virtude”).

Acreditamos que, não podemos viver um dia perfeito sem ter feito por alguém, algo de bom de que este jamais poderá se esquecer, ou seja, “faça um pouco do bem onde você estiver; são esses pedacinhos do bem que, juntos, recheiam o mundo” (Desmond Tutu).

Esses gestos de generosidade, solidariedade e compaixão para com o nosso próximo enchem-nos de alegria, pois, como já dizia Madre Teresa de Calcutá: “não devemos permitir que ninguém saia da nossa presença sem se sentir melhor e mais feliz”. Nisso, podemos perceber o verdadeiro exercício do altruísmo.

Vale lembrar o que nos ensina Albert Einstein: “procure ser uma pessoa de valor, em vez de ser uma pessoa de sucesso”. Tendo em vista essa máxima, destacamos aqui algumas das resoluções mais frequentes, quase sempre de ano novo, que geralmente não conseguimos cumprir, listadas a seguir:

Nos alimentarmos de forma mais saudável;

Praticar atividade física;

Elaborar e seguir um planejamento financeiro (economizar);

Conhecer pessoas novas;

Participar mais de atividades sociais;

Usar o tempo de maneira mais adequado.

Geralmente, o não cumprimento dessas promessas tendem a nos levar a frustrações. Todavia, se as pusermos em práticas, ainda que por meio de pequenos gestos ou ações, paulatinamente, obteremos pleno êxito em nossos objetivos.

Lembramos que, um dos caminhos mais produtivos para qualquer resolução dos problemas é a tentativa. De modo geral, nos acostu-mamos a viver com nossos pequenos incômodos ou problemas que, na maioria das vezes, não conseguimos identificá-los e, muito menos, corri-gí-los. Mas, eles vão crescendo e acabam bloqueando nosso caminho. Se adquirimos a prática de identificar e resolver pequenos problemas, poderemos, sem dúvida alguma, evitar soluções muito mais dolorosas e complexas no futuro.

Estudos mostram que, quando focamos nos pequenos problemas, podemos evitar até anos de soluções dispendiosas. Portanto, é muito melhor enfrentar o difícil enquanto ainda é cedo, pois, caso contrário, precisaremos de grandes esforços para solucionar aquilo que era

pequeno, mas agora se tornou grande.

Dessa forma, é importante salientar que, nós dependemos da repetição de pequenos passos para programar nosso cérebro, com vista às mudanças de vida que se seguirão ou as quais pretendemos adotar.

Todos nós precisamos despertar nossa curiosidade, além de procurar termos uma mente aberta para acreditar na promessa dos pe-quenos momentos. É preciso perseverar.

Que outra coisa na vida é mais importante do que aproveitar a possibilidade de cada momento? Acreditamos que a resposta seja a materialização de nossos sonhos, ou seja, e para que isso ocorra, devemos começar com pequenas ações até alcançarmos nosso objetivo.

Lembramos que, o simples é melhor do que o difícil. Se implementarmos o simples provavelmente não será necessário enfrentar o difícil. Por exemplo, normalmente, um médico não realiza uma cirurgia se puder prescrever, anteriormente, um remédio que resolva a enfermi-dade; bem como não prescreve um remédio se o repouso ou algumas mudanças no estilo de vida possibilitarem a cura do paciente.

Vale ressaltar que, outro ponto importante desse método é a importância no planejamento de nossas ações, uma vez que, quando ainda estamos na fase inicial de qualquer percalço, saber parar, refletir e reavaliar nossas atitudes é extremamente útil e necessário para que possamos prosseguir com maior segurança.

Dessa forma, quando estamos implementando um plano de mudança em nossa vida e, de repente, percebemos que estamos inquie-tos, ou até mesmo entediados, preso no mesmo lugar, devemos parar e procurar um momento de distração e alegria em nossa volta. Essa práti-ca possibilita manter o foco e retomar nosso propósito inicial com mais força e vigor.

Por outro lado, não devemos pensar que a felicidade chegará com o número menor da nossa roupa ou com o relacionamento pessoal revigorado ou com uma estante organizada. Em vez disso, devemos tentar focar nos momentos de mudança que nos trazem prazer e tranquili-dade.

“O verdadeiro criador pode ser reconhecido por sua habilidade de encontrar, a sua volta, nas coisas mais simples e humildes, itens dignos de atenção” (Igor Stravinsky).

Ratificando, acreditamos ser necessário cultivar uma consciência sobre pequenos momentos, com vista a alcançar nossos propósitos mais sublime.

Segundo o método Kaizen, a maneira de encarar a vida exige um ritmo mais lento e uma melhor apreciação dos pequenos momentos. Essa técnica prazerosa pode levar a avanços criativos e relacionamento mais fortes e saudáveis, proporcionando uma vida mais positiva, rumo à excelência, além disso, proporcionar uma dose positiva e diária com vista a excelência, a qual devemos buscar sempre, todos os dias!

Tentemos não discutir, persuadir ou julgar. O bom relacionamento é formado através de uma série de pequenos momentos positivos. Eles são simples, mas funcionam.

Vale lembrar que, uma das principais descobertas desse estudo foi que, em todo e quaisquer relacionamentos bem-sucedidos, a aten-ção positiva era muito mais presente que as questões negativas.

Essa atenção positiva não diz respeito a atitudes espalhafatosas ou extravagantes, muito menos por aquisição da casa dos sonhos. Ela se manifestava sempre em pequenos gestos, como por exemplo, ser sempre gentil, perguntar detalhes do seu dia, dar atenção, estar sempre tentando antecipar suas necessidades e atendê-las, sempre que possível.

Desta forma, é extremamente importante ser realmente extraordinário nas pequenas coisas, ser verdadeiramente nobre nos detalhes. Voltar-se para o outro em pequenos gestos, todos os dias, demonstrando seu companheirismo ou generosidade. Essa atitude é o segredo ou a chave para um relacionamento perfeito e duradouro.

A grande verdade é que passamos tanto tempo revivendo o passado e antecipando o futuro que deixamos os pequenos momentos do presente escaparem de nós.

Contudo, é bom nos lembrarmos de que, ao nos percebermos perdidos em nossos pensamentos ou em nossas preocupações, deve-mos tentar fazer o seguinte:

Nos perguntarmos se precisamos mudar alguma coisa, baseado nessa preocupação ou mesmo arrependimento.

Se a resposta for positiva, dê um passo, ainda que pequeno, em direção a essa mudança.

Se for negativa, observe o ambiente até encontrar um objeto ou uma pessoa que lhe dê maior sensação de prazer ou ale-gria. Procure concentrar no objeto ou na pessoa por pelo menos 30 segundos. Esse processo pode condicionar o nosso cére-bro a viver, de fato, o momento presente, porém, com uma maior segurança e menor ansiedade.

É preciso acreditar que, o poder do corpo e da nossa mente podem nos levar para onde quisermos. A escolha ou o livre arbítrio é nos-so.

Relembramos que, ao darmos pequenos passos, será possível programar o nosso compasso mental em uma nova direção, deixando que a mente tome conta do resto.

Geralmente, esse tipo de situação se manifesta como uma atitude gentil e paciente diante dos obstáculos. Sem se importar se eles parecem insuperáveis ou completamente banais.

Assim, se desejamos nos sentirmos mais felizes e em paz, que comecemos pelo nosso comportamento, sendo mais generoso e gentil com os outros a nossa volta. Essa atitude nos ajudará em nossa harmonização.

Ainda, se desejamos preencher nossa vida com mais amor, que ofereçamos um pequeno gesto de amorosidade todos os dias para um amigo, um conhecido ou, até mesmo, para alguém que não conhecemos.

Esse método nos convida a enxergar a vida como uma oportunidade para a melhoria contínua, com vista a ter padrões cada vez mais altos e mais seletivo, além de expandir o nosso potencial.

Desta forma, assim como um maratonista continua procurando uma maneira de melhorar sua marca, nós podemos procurar estraté-gias que nos ajudem a ficar com nossa mente mais aguçada em nosso cotidiano.

Há quem diga que, se usarmos cerca de dois minutos por dia, todos os dias, para escrever algo positivo ou carinhoso para alguém de que gostamos, sentiremos o efeito em pouco tempo. A exemplo disso, se desejamos manter um padrão de saúde que já é bem alto, tentemos nos divertir com pequenas oportunidades, como subir mais um lance de escadas ou eliminar mais algumas calorias inúteis, o resultado será positivo, com certeza.

Em conclusão, podemos notar que, o método Kaizen indicará como podemos nos beneficiar do seu poder através de pequenos e sim-ples passos em direção a grandes objetivos.

Assim, ressaltamos que, esse método pode ser definido como o uso de pequenas atitudes consistentes, com vista a melhorar um hábi-to ou um processo produtivo ou criativo. Ele nos ensina que temos de aprender a ser feliz no momento atual, a alcançar a paz e a alegria que estão disponíveis no “aqui e agora”.

É preciso lembrar também que, necessitamos da repetição dos pequenos passos para “programarmos” nosso cérebro às mudanças de vida ou estilo de que desejamos.

Não nos esqueçamos de que, todo ato de bondade, por menor que seja, jamais será desperdiçado.

É preciso cultivar uma consciência sobre os nossos pequenos momentos, eles garantirão o sucesso do Kaizen.

Talvez o grande significado e desafio desse método é a necessidade de se ter fé. Não se trata, especificamente, da fé religiosa, em uma crença rígida ou cega, mas sim acreditar que o poder da nossa mente pode nos conduzir para onde desejamos.

O método Kaizen nos desperta a visualizar uma grande oportunidade para nos melhorarmos continuamente, ou seja, ter padrões cada vez mais altos, além de expandir o nosso potencial perceptivo e intuitivo.

Finalmente, ressaltamos que, nenhuma tarefa na vida é mais importante do que aproveitar a possibilidade de cada momento. Isso se traduz em vida feliz. Que sejamos, portanto, todos felizes.

AILDO CAROLINO
Grão-Mestre Adjunto
Presidente do CEO

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com