Discurso do Grão Mestre Eleito

Em seu discurso de posse o Grão Mestre Aildo Carolino enfatizou o seu compromisso com os pontos apresentados como propostas apresentadas no período eleitoral. Aildo Carolino lembrou dos  cerca de 12 anos que esteve junto à Administração do Grande Oriente do Brasil no Estado do Rio de Janeiro, sendo os últimos 07 anos à frente do Gabinete do Grão-Mestrado, como Chefe, sempre trabalhando em prol do atendimento de qualidade, eficiente e eficaz aos Irmãos e Lojas.

O Grão Mestre lembrou que em Cada cafezinho dividido com cada Irmão que a cada encontro, marcado ou não, cada abraço fraterno, cada problema levado à nossa apreciação sempre, naquilo que nos coube, teve a orientação devida, o apreço e consideração.

Disse ainda que a partir da rotina no GOB-RJ, dos encontros com cada um dos irmãos, é que foi possível identificar as principais necessidades e anseios que marcam nossa jurisdição.

Dessa forma, alinhando a sua formação profana com a vida e experiência maçônica, o atual Grão Mestre estruturou o Plano de Gestão perfeitamente exequível e capaz de atender às expectativas e carência de nossas Lojas.

Esse Plano de Gestão tem a colaboração e a participação direta de nosso Grão-Mestre Adjunto, que possui vasta formação e experiência nas áreas jurídica, profana e maçônica. Podemos ver nele, também, a representação do novo, da juventude, da renovação necessária para a iplantação uma verdadeira modernização em nosso Grande Oriente Estadual, pela sua garra, determinação e vivência em vários âmbitos da Alta Administração Gobiana, tanto no Poder Executivo quanto no Poder Judiciário.

Assim, pensando em qualidade, experiência, prática, modernização e efetividade das ações de ambos ações, é que foi desenvolvido o Plano de Gestão, com base na GESTÃO DO CONHECIMENTO MAÇÔNICO.

É através desse processo que se pretende reestruturar a Administração do Grande Oriente do Brasil no Estado do Rio de Janeiro, a fim de modernizarmos nossa infraestrutura, bem como visando a difusão da Educação Maçônica em nossa jurisdição e nela sedimentar a harmonia e homogeneidade do saber maçônico, transformando nosso Oriente Estadual e nossas Lojas em referência quanto à inovação e ao progresso da gestão administrativa/ financeira maçônica.

O Grão mestre enfatizou que serão perseguidas as melhores práticas, para adequá-las ao projeto e, com isso, tornar o GOB-RJ uma referência quanto a gestão, qualidade e eficiência, uma vez que somos prestadores de serviços às Lojas e aos Irmãos jurisdicionados.

São os pontos do Plano de Gestão da nova Administração:

  1. A SUA LOJA:
    1. Ratificamos o nosso compromisso de nos mantermos sempre UNIDOS E COMPROMETIDOS com os nossos Irmãos e Lojas.
  1. ADMINISTRAÇÃO:
    1. Reestruturar e reorganizar a distribuição das atividades administrativas e operacionais;
    2. Redefinir a organização interna, considerando qualificação e capacidade técnica dos recursos humanos disponíveis, bem como por meio de ações internas que promovam a capacitação de nossos colaboradores (por exemplo, cursos de capacitação interna, palestras motivacionais, meritocracia, etc…);
    3. Valorização do nosso público alvo, ou seja, dos nossos Irmãos e Lojas da jurisdição, através de melhorias na qualidade do serviço prestado;
    4. Mapeamento dos processos e documentos desde sua protocolização, criando ferramentas de controle e acompanhamento digitais que nos informem, por exemplo, em qual setor tramitam e qual seu andamento.

  

  • COMUNICAÇÃO:
    1. Promover a veiculação da informação, a fim de darmos publicidade aos atos administrativos;
    2. Modernização do setor de Comunicação (Secretaria Estadual de Comunicação e Informática), dotando-o de melhores condições para atingir sua finalidade precípua de informar, além de conferir segurança, confiabilidade e agilidade na sua divulgação;
    3. Adequação e modernização de nosso banco de dados, conferindo-lhe maior praticidade no acesso às informações requeridas;
    4. Estabelecer procedimentos para coleta, tratamento e uso da informação, objetivando gerenciá-la de forma clara e adequada interna e externamente;
    5. Gerenciamento da informação, possibilitando a organização interna de nossa Instituição, a fim de que possamos responder rapidamente às demandas de nossas Lojas e Irmãos.

 

  1. TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO:

Um dos nossos objetivos é a restruturação e modernização do Setor de Informática, com vista a dar maior segurança aos nossos arquivos, além de agilizar e melhorar o atendimento prestado às Lojas e aos Irmãos da nossa Jurisdição.

 

  1. Transformar a área de TI do GOB-RJ de uma posição meramente de suporte para uma posição pensante e criadora de soluções para todos os setores, de forma a oferecer como produto de suas ações e atribuições, ferramentas de espécies várias, úteis para a nossa Instituição e, de forma ainda mais ampla, a possibilidade de agregar extramuros, além de promover a disseminação do conhecimento;
  2. Modernização e reestruturação do setor de Informática, visando a melhoria e agilidade nos serviços prestados às Lojas e aos Obreiros do GOB-RJ;
  3. Criação de uma plataforma digital que nos permita integrar, de forma plena, as Lojas de nossa Jurisdição com a Administração do GOB-RJ;
  4. Desenvolvimento de uma plataforma que possibilite a implantação de um sistema de Educação Maçônica a Distância – EMAD.

 

  1. EDUCAÇÃO MAÇÔNICA:
    1. Promover a Educação Maçônica em toda a jurisdição;
    2. A Educação Maçônica será, sem dúvida, o principal instrumento de recuperação do protagonismo do GOB-RJ na história da Maçonaria Gobiana;
    3. Os seminários, Cursos ou Palestras serão as principais ferramentas para o desenvolvimento da Educação Maçônica no GOB-RJ;
    4. Vale lembrar que, a Filosofia e os Princípios Maçônicos devem ser absorvidos e demonstrados através de nossas ações e comportamento (vide inciso IX, do art. 1º da Constituição do GOB);
    5. Proporcionar e/ou incentivar o estudo e a pesquisa, em tudo que for inerente ao nosso desenvolvimento maçônico, bem como difundir os trabalhos dos Irmãos, através dos nossos meios de comunicação disponíveis;
    6. Realizar, de maneira mais frequente e descentralizada, Seminários, Cursos ou Palestras dentre outros, visando, principalmente, o estudo dos aspectos práticos e necessários ao aprimoramento maçônico e, dentre outros, ritualístico, filosófico, histórico e cultural;
    7. Temas sugeridos:
      1. Formação básica para Veneráveis Mestres e demais cargos Administrativos;
      2. Gestão e Liderança de Loja Maçônica;
      3. Aspectos gerais da oratória maçônica;
      4. A ritualística e seus aspectos básicos, para o 1º, 2º e 3º graus;
      5. Processos e procedimentos administrativos de Lojas Maçônicas junto ao GOB-RJ;
      6. Estrutura Administrativa do GOB-RJ;
      7. Finanças;
      8. História da Maçonaria Gobiana;
      9. História da Maçonaria do Grande Oriente do Brasil no Rio de Janeiro.
    8. Incentivar os concursos literários maçônicos, no âmbito de nossas Lojas, bem como a redação de trabalho para publicação em nossos veículos de informação.
  1. AUMENTO DO QUADRO DE OBREIROS:
    1. Empregar esforços para aumentar o Quadro de Obreiros das Lojas da nossa Jurisdição, sempre levando em conta a qualidade sobre a quantidade;
    2. Evitar a evasão e buscar meios para revertê-la;
    3. A realização de Sessões Públicas, Maçônicas ou Cívicas poderá servir de instrumento para promover uma melhor integração entre Loja Maçônica e a comunidade na qual está inserida.
  • INTEGRAÇÃO:
    1. Buscar uma maior integração, além de estreitarmos nosso relacionamento com as Lojas e, com isso, conhecer mais de perto as possíveis necessidades dos Irmãos, bem como da própria Loja;
    2. REUNIÃO PERIÓDICA COM OS VENERÁVEIS MESTRES, buscando maior interação de suas Lojas com o Grão-Mestrado, visando, especificamente, aproximar ainda mais o Grão-Mestrado de todos os jurisdicionados (Lojas e Maçons);
    3. CONGREGAÇÃO ESTADUAL – Instituir a reunião anual da Congregação Estadual;
    4. Manter e consolidar o bom relacionamento existente entre todos os Poderes e Órgãos do GOB-RJ;
    5. Buscar integrar fisicamente todos os órgão e poderes do GOB-RJ;
    6. Fortalecer a SAFL – Soberana Assembleia Federal Legislativa, e a PAEL/RJ – Poderosa Assembleia Estadual Legislativa, estimulando as Lojas a indicarem seus representantes.
    7. Manter e, se possível, intensificar o intercâmbio dos Irmãos do GOB-RJ entre si e de outras potências reconhecidas, a fim de estreitar e consolidar os laços fraternos existentes;
    8. Buscar a integração entre as Lojas da jurisdição através da adoção de um calendário planejado, que possibilite e facilite a nossa visitação, bem como a intervisitação entre nossas Lojas e Irmãos, mormente em Sessões Magnas.
  • IMPLANTAR UM SISTEMA SOS = “REDE SOLIDÁRIA MAÇÔNICA”:
    1. Essa Rede ou Sistema terá como finalidade a orientação dos Irmãos e/ou familiares, sobretudo no deslocamento e outras necessidades dentro de nossa jurisdição.

 

  1. INCENTIVO E APOIOÀS ENTIDADES PARAMAÇÔNICAS:
    1. Incentivar e/ou promover uma maior participação e integração da família maçônica, a fim de estreitarmos o relacionamento entre os Irmãos, Cunhadas, Sobrinhos e outros, principalmente através das ações das nossas Entidades Paramaçônicas.
    2. Viabilizar o desenvolvimento das atividades relacionadas às Entidades Paramaçônicas.

  

  1. RESGATE DO PROTAGONISMO DO GOB-RJ:
    1. Envidar esforços para resgatar a importância histórica da nossa jurisdição junto ao Grande Oriente do Brasil;
    2. Destacar a importância do Grande Oriente do Brasil no Estado do Rio de Janeiro, desde antes da atual denominação, ressaltando os principais feitos da nossa histórica trajetória no sistema gobiano;
    3. Transformar o Grande Oriente do Brasil no Estado do Rio de Janeiro como principal referência maçônica, sobretudo para o GOB;
    4. Criação do projeto “Memórias do Futuro”, através do resgate de nosso acervo histórico, construindo uma base de consulta para toda a nossa família maçônica, ressaltando a importância de nosso Grande Oriente Estadual no cenário Maçônico e Histórico de nosso país;

Além desses pontos, pretendemos nos servir dos mecanismos já existentes, buscando sempre a modernização, seriedade, celeridade e a qualidade nos serviços prestados.

Ao final o Grão Mestre, lembrou que deve-se saldar o novo ciclo que se inicia com planejamento do caminho até a conquista das metas estabelecidas. ressaltou que o tempo de realizar sonhos é agora, por isso, devemos caminhar firmes em nossos bons propósitos.

O Grão Mestre disse que se cada membro da nova administração cumprir seus juramentos e compromissos maçônicos e estiver comprometido com o nosso projeto a maçonaria do Grande Oriente do Brasil no Estado do Rio de Janeiro dará um grande salto de qualidade em pouco tempo.

“A Maçonaria é uma escola perpétua de altruísmo. Nessa escala, o homem aprende o que seja a fraternidade no seu mais profundo sentido. Como a fraternidade é a pedra angular da democracia, eis que o altruísmo democrático domina todo o ideário maçônico”.

Nilo Peçanha

WP2FB Auto Publish Powered By : XYZScripts.com