Entrega da Comenda da Cruz da Perfeição Maçônica pelo Grão Mestre Geral do GOB

Na Noite do dia 03 de setembro de 2019, o Grão Mestre Geral, Soberano Irmão Múcio Bonifácio Guimarães, em companhia do Grão Mestre em exercício do Estado do Rio de Janeiro,  André Luís Rosa dos Santos, do Venerável Mestre da Joaquim Gonçalves Ledo, Ilustre Irmão Cláudio Vieira dos Santos, do Secretário Estadual de Gabinete, Poderoso Irmão Augusto Cesar Carvalho Pimentel, do Secretário Estadual de Gabinete Adjunto, Poderoso Irmão Carlos Roberto Alves, do Presidente do Conselho Estadual da Ordem, Poderoso Irmão Waldir Vieira Cristóvão, do Secretário Estadual de Finanças, Poderoso Irmão Luiz Alberto Barbirato, do Secretário Estadual de Administração e Patrimônio, Poderoso Irmão João Dias, do Secretário Estadual da Guarda dos Selos, Poderoso Irmão Robson Rodrigues da Silva, do Secretário Estadual de Comunicação e Informática, Poderoso Irmão Marco Aurélio Lucas da Silva, do Secretário Estadual de Previdência e Assistência, Poderoso Irmão Carlos Alberto de Lima Gomes, do Secretário Estadual de Entidades Paramaçônicas, Poderoso Irmão Vandir Encarnação dos Santos, estiveram na residência do Grão Mestre de Honra do Grande Oriente do Brasil, o agora Eminente Irmão Manoel Rodrigues de Castro, para a entrega da Comenda da Cruz da Perfeição Maçônica.

O Soberano Irmão Múcio Bonifácio Guimarães disse que nenhuma homenagem prestada ao Eminente Irmão Manoel Rodrigues de Castro seria uma homenagem a altura dos serviços prestados pelo Eminente Irmão ao Grande Oriente do Brasil, que nenhuma homenagem prestada pelo Grande Oriente do Brasil seria qualificadora. O Soberano Irmão Mucio Bonifácio Guimarães disse que  as medidas saneadoras tomadas pelo Eminente Irmão Manoel Rodrigues de Castro em uma época de situação gravíssima foram fundamentais para a sobrevivência da nossa instituição. Que o seu comprometimento e sua dedicação como maçom no passado, nos permite hoje trabalhar por uma maçonaria cada vez melhor. Disse também que foi um enorme prazer conviver com o homenageado, a quem considera um grande amigo.

O Grão Mestre Estadual em exercício disse que o Eminente Irmão Manoel Rodrigues de Castro foi um grande amigo de seu pai, e ainda um dos responsáveis pela sua entrada na maçonaria. O Grão Mestre Honorário do Grande Oriente do Brasil, Eminente Irmão Manoel Rodrigues de Castro, disse que em 1981 quando chegou a Assembleia Federal, só falava o necessário, ouvia muito e só dava mensagens precisas. E assim foi conduzido a oratória da Assembleia, inclusive na inauguração do Templo de Brasília. Devido a isso os irmãos o candidataram a presidência da Assembleia, e quando já estava em exercício como presidente da Assembleia, o Grão Mestre Geral o chamou e disse que sairia de licença por razões de saúde.

Quando acabou a licença do Grão Mestre Geral, o mesmo passou para o oriente eterno em apenas dois dias, tendo então o ora homenageado assumido o Grão Mestrado em situação bem ruim a ponto de, quando faltava 15 dias para o pagamento do 13° dos funcionários, ele ver a necessidade de sugerir uma vantagem para as lojas que pagassem seus metais a tempo. Deu certo e, apesar das críticas, o dinheiro entrou e o 13° dos funcionários foi pago. E foi assim que foi se buscando soluções e o Grande Oriente do Brasil foi se soerguendo.

Ao voltar para a Assembléia, foi eleito então aquele que o nosso homenageado considera o maior Grão Mestre até então, o Irmão Laelson Rodrigues, que fez um trabalho espetacular na maçonaria. E assim ele é muito grato ao Irmão Laelson Rodrigues e também ao atual Grão Mestre Geral, com quem conviveu por muito tempo. E mais uma vez, agradeceu pela comenda e pelas visitas recebidas naquela noite.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com